segunda-feira, 8 de abril de 2013

O chamado


Quando chega a hora da magia!
De contemplar a paisagem bela
Com o coração a palpitar de alegria
Corro depressa até a minha janela

Extasiada, olhar fixo no horizonte
Vejo o sol apagando-se lentamente
Por entre as árvores, casas, montes
Vestindo o céu de vermelho ardente!

Vejo também meu pensamento fugindo
Louco em direção ao pôr-do-sol, ao mar
Dizia, emocionado, que estava ouvindo
Um outro pensamento a lhe chamar!

 Nádia Santos
São Luis – MA
08/04/13




*imagem:
Carlo (blog Olhares de chacal)

6 comentários:

  1. Oi Nádia
    Que poesia sobre a natureza!
    Você escreve qualquer tema, isso que é lindo em você.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Que lindo esse Nádia!
    Gostei muito

    ResponderExcluir
  3. Bom Dia..
    Que Deus nos abençoe e nos ajude a enxergar a
    beleza que existe nas outras pessoa.
    Que Deus te abençõe.
    Enquanto eu louvo,
    eu desejo que a benção de Deus se
    derrame em tua vida.
    E que Deus continue a abençoar
    da nossa amizade tão linda.
    E a vida seja simplesmente pura, paz.
    Passei para desejar um lindo dia,
    cheio de bençãos...
    Beijos e carinhos meus,Evanir..

    ResponderExcluir
  4. Oi Nádia!
    Que bela poesia :)
    Nos faz pensar em como muitas vezes despercebemos as pequenas, mas belissímas, coisas da natureza :)
    Me faz lembrar dos "pôres do Sol" que ás vezes eu vejo a caminho do cursinho :D
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Noossa mas que lindeza essa contemplação. A natureza nos oferece um belo espetáculo né amiga e o pensamento divaga...
    Beijos de avelãs
    Gracita

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite amiga.Tudo bem?venho lhe informar que a segunda fase do Concurso Talentos Literários já foi postada.Espero que envie seu trabalho até o dia 20/04.Beijos carinhosos Mary

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos