terça-feira, 30 de abril de 2013

Levada pelo vento

Da noite para o dia 
Findou-se o sossego 
E foi embora a harmonia, 
Os sonhos partiram 
Nem mesmo disseram adeus 
Se foi também a alegria 
A paz que havia se perdeu 
Ficaram em seu lugar 
Apenas tristeza e agonia... 
Logo o desespero veio abraçar-me 
A solidão veio sufocar-me... 
Procuro encontrar uma saída 
Mas a incerteza do futuro 
Deixa-me aflita... 
Tento pelo amanhã não sofrer 
Mas a fortaleza que havia em mim 
Vejo ao poucos desaparecer... 
Que saudade da paz 
Que habitava aqui dentro... 
Acho que se esvaiu 
E foi levada pelo vento...
Nádia Santos
Recife - PE
29/04/13


2 comentários:

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos