quinta-feira, 11 de abril de 2013

Lábios que mentem

Só por que vê sair dos meus lábios
Um sorriso, pensas que está tudo bem. 
Sei que preferes ouvir as mentiras que 
Eles dizem sorrindo para ti. E eu sei... 
Sei que é por medo que ages assim... 
Medo de descobrir a verdade... 
Pois se pousares teus olhos 
Demoradamente nos meus,
Poderás ver 
O quanto perdeu de fervor e 
E o quanto profundamente , 
Arranhaste o meu amor... 

Nádia Santos 
São Luis – MA 
11/04/13



6 comentários:

  1. Lindo poema que reflete a realidade, na verdade existe quem prefira a mentira para nunca ouvir a verdade.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádia
    O amor tem que ser regado todos os dias, se começar a falhar, ele enfraquece e vai procurar outro que saiba cuidar com carinho.
    O amor não é como um carro, dando uma polida fica lindo. Amor tem que ser avaliado e refeito diariamente.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Olá, Nádia!
    Nossa, que lindo!
    Muitas vezes nos machucamos com o amor, e que dor perturbadora nos causa.
    Se por dentro sangra, por fora reagimos. Lei da sobrevivência.
    Adorei seu poema, querida.
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
  4. Os olhos são o espelho da alma e estes não falam mentiras.
    lindo e verdadeiro. Beijos de avelãs
    Gracita

    ResponderExcluir
  5. Meu último poema no blog
    foi inspirado num verso
    seu sobre o ´por-do-sol
    não pense que não te leio
    teus versos tem sabor
    e eu os devoro

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos