domingo, 21 de abril de 2013

Escuta-me!

Grito! Será que estás ouvindo
Meu chamado? Escuta-me! 
Grito, com todo o meu corpo 
Grito com todos os meus sentidos 
Desejando que esse som intenso 
Tão apaixonado e desesperado 
Chegue aos teus ouvidos... 
E que te tome por inteiro 
Que te enlouqueça, 
Que te desestabilize, 
Que te jogue no chão, 
Que teu corpo me deseje 
Que essa vontade te martirize 
E te cause inquietação! 

Nádia Santos 
Recife - PE
21/04/13


8 comentários:

  1. Gosteiiiiiii!

    É bem assim mesmo, as vezes quando estamos longe, ou quando brigamos, existe dentro de nós um grito mudo, desesperado e dolorido ...

    Parabéns pelo poema Nádia, é lindo.

    Abraços, boa semana!

    Thiago
    Trocyn Bão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que concordas. Obg Thiago pelo carinho, bjus

      Excluir
  2. Um lindo poema, é forte e objetivo.
    Obrigado por o deixar ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui vc pode ler o que quiser, fique a vontade e é forte pq é forte o sentir. Bjus Antonio.

      Excluir
  3. Oi parabéns pelo intenso poema.E parabéns pelo blog.
    Tenhas uma ótima semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vinicius e seja bem vindo. Um abraço.

      Excluir
  4. e já é tanto...

    que esse grito encontre eco.

    uma boa semana.

    um beijo

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bons ventos façam chegar ao seu destino... Obg Sol, um bjão.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos