segunda-feira, 15 de abril de 2013

Dá-me teu abraço

Vem e dá-me o teu abraço...
Preciso querido, tanto de ti
De repousar no teu regaço
Acolhendo meu doce sentir...

Não precisas dizer nada...
Estende teus braços para mim
Quero sentir-me abandonada
Entregue a teu abraço sem fim

Quero tanto sentir teu calor
Aquecendo o corpo meu
Quero apenas ouvir a canção
Das batidas do coração teu...

Dá-me teu abraço reconfortante
Energiza meu corpo e minh’alma
Em pleno silencio, será o bastante
Para trazer ao meu mundo à calma

Nádia Santos
São Luis - MA
14/04/13

*Imagem do Google



5 comentários:

  1. Lindo minha querida,e gostoso de ler.Boa semana !

    ResponderExcluir
  2. Uma bela súplica de amor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. É lindo de ler, como é bom abraçar, Musica e vídeo de enorme beleza.

    Já agora, receba um braço.

    ResponderExcluir
  4. Apaixonante! Gostei imenso.
    Um abraço apertado.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nádia! Que lindo! Dou longos suspiros quando leio seus poemas. Fico impressionado com a sua produção literária, eu não teria inspiração para tantos textos de qualidade como os seus. Parabéns!

    Bjos e uma ótima noite!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos