quarta-feira, 13 de março de 2013

Foi um instante...

Foi por um instante, que durou uma eternidade
Ela ouviu de sua boca divina, que tantas loucuras
Lindas para ela pronunciou, palavras tão duras,
Cortantes e frias que feriram mais que um punhal...
Foi por um instante, que ela viu do seu olhar, 
Antes ardente de tanto desejo,
Que iluminava seu caminho qual estrela,
E aonde se viu tantas vezes nua e refletida
Enquanto a devorava desejoso de possui-la...
O fogo da raiva, da ira injustificada... descabida...
Foi por um instante...lembrou-se do seu homem,
Do seu amado, do seu príncipe, do seu amigo
Seu cúmplice e companheiro divertido...
Foi por um instante... um triste e longo instante
Ela o olhou e viu... um desconhecido!
Nádia Santos
24/02/13

*Imagem do Google


12 comentários:

  1. Há instantes assim em todas os relacionamentos, porque, afinal, apenas humanos somos. O importante é o sentimento que permite ultrapassar o momento...
    Lindo, como sempre, querida Nádia.
    Bjo.

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga Nádia, belo poema, li os outros, também estão lindos, intensos... Uau! Querida desejo-te uma bela noite, beijos com carinho. Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  3. Siempre es mágico leer tus letras Nadia, hermosa entrada!
    Te dejo un fuerte abrazo!

    ResponderExcluir
  4. teu poema descreveu
    algo que vivi.

    fiquei emocionada.

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Belo alvorecer amiga querida !!!!
    Muito belo !!!!!
    Suas poesias tem o poder de purificar quem ler...
    bjssssssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Belíssimo, Nádia!
    É maravilhoso ler-te!
    Deparar-se com um desconhecido olhando para quem se ama...
    Beijos e um lindo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Teu poema tem força, singularidade e beleza. Vim rapidamente te abraçar pelo teu dia escultora espetacular. Tu és uma artesã de mãos hábeis a abrir ostras e expor para nós as pérolas da tua magnífica poesia. Parabéns poetisa pelo teu dia!
    Obrigada por compartilhar conosco tuas joias poéticas. Tem um mimo pra você minha doce poetisa.
    Beijinhos da amiga
    Gracita

    ResponderExcluir
  8. Que belas palavras, muito bom, cheias de sentimento, gostei demais. Parabéns !!

    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    Beijos Caio

    ResponderExcluir
  9. Nádia amiga..
    É dura essa descoberta. É duro descobrir que se está olhando, ao invés da pessoa amada, um DESCONHECIDO.
    É duro também, descobrir que se amou em mão única.... deu tanto de si, deu carinho, amor, atenção, cuidado e nada disso repercutiu.... é duro.
    É dura essa descoberta.
    Lindo teu poema!

    ResponderExcluir

  10. Os poucos amigos que te apóiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram.
    Que o nunca mais nunca se cumpre, e que o pra sempre sempre acaba.
    minha família com suas diferenças, está sempre aqui quando eu preciso.
    ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo.
    Vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo.
    Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido.
    vejo na amizade o amor mais profundo .
    vejo na amizade o amor ,mais profundo amo com a alma minhas amizades acredito ,
    todos são sinceros comigo.
    Eu ainda acredito que minhas amigas e( Os)
    são sinceros comigo.
    De todo coração agradeço.
    Um abençoado final de semana,
    beijos de paz e luz,Evanir.
    Hoje é considerado o Dia Nacional da Poesia,
    pois foi nesta data que nasceu o grande poeta brasileiro Castro Alves.
    Disse um poeta um dia que a vida é a arte dos encontros,
    embora haja tantos desencontros pela vida.
    Feliz Dia do poeta.



    ResponderExcluir
  11. Nádia boa noite! Me desculpe, mas continuo afirmando, mesmo quem tem Deus não está livre dos problemas desse mundo, na verdade não critiquei o nome do seu blog, até porque, somente achei que o titulo da postagem não combinava com o título do blog, foi só isso. Na verdade, foi apenas uma inspiração que você me proporcionou para que eu escrevesse o post, te agradeço. Divulguei o seu blog, coloquei um link, não sei se você percebeu. Tenho certeza, como mulher de Deus que você é, assim como eu, não está magoada comigo. Nossos corações não tem espaços pra raiva, nem ressentimentos. Está escrito na própria Bíblia: (Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. (Mateus 5:10). Se você acha que ser perseguido(a) , muitas vezes , por causa da palavra de Deus não é um problema. Paciência!!

    Uma semana abençoada pra você e sua família
    A Paz

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos