terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Tudo ilusão


Um vendaval devastador
Destruiu o meu mundo
Que está assolado pela dor
E num escuro profundo...

Um a um, os meus sonhos
Vi todos serem esmagados
E num desespero medonho
Ficou o coração despedaçado

Ah meu Deus que pesadelo!
Eu que cuidava com desvelo
Do meu castelo cor-de-rosa

Achando que era perfeito...
Tudo ilusão... bem feito!
Tudo fantasia mentirosa...
Nádia Santos
19/02/13







10 comentários:

  1. Que bom que esse vendaval destruidor ficou no passado,doce amiga Nádia,prefiro seus poemas picantes viu? Esse engavetado tambem é muito lindo parabéns!
    Um abraço
    Maria machado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passou sim amiga, mas deixou seu rastro e suas marcas.... e profunda. Mas eu suporto. Bjus amiga.

      Excluir
  2. Por mais que cuidemos do nosso Castelo, todo dia tem poeira nova. E novamente continuamos cuidando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade meu caro 5n3v35, cuidado nunca é demais. Obg por sua visita. Um abraço.

      Excluir
  3. E nossos castelos são tão vulneraveis amiga,mas nada que nos desanime para nova construção.
    Perfeito e belo soneto.
    Um abração.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E as vezes quando percebemos sua fragilidade.... já é tarde demais. Um abraço Toninho querido.

      Excluir
  4. (um dia de cada vez)

    soneto doído ...


    beijao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como é louca a vida... cada dia uma nova surpresa... e nem sempre feliz. Faz parte. Bjus Margoh.

      Excluir
  5. Bom dia amada !!!!!!!!!!!!!!
    Uháuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!!!!!!!!
    Meus olhos se encantam sempre ao ler teus poemas ,tem ternura no ar...
    bjsssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que gostes dos meus escritos amiga Severa. Volte sempre, um bjinho.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos