segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Não resisto...

O que fazer se com esse olhar
Sou seduzida completamente
E sedenta quero me entregar
Com devoção e loucamente!

Sentindo tuas mãos quentes
O meu corpo todo percorrer
Agilmente... ardentemente...
Me fazendo enlouquecer...

Se és meu dono, meu soberano
Faz deste corpo teu domínio
Te apodera totalmente insano
Que não resisto ao teu fascínio

E esse desejo é um tormento
Que por vezes me desespero
O teu corpo é meu alimento
Que para meu corpo eu quero!

Nádia Santos
04/02/13



*Imagem do Google

7 comentários:

  1. Oi Nádia,

    Adorei, um poema cheio de fantasia e paixão...

    Abçs

    ResponderExcluir
  2. A poesia conduz os sentimentos. Espero que tenha endereço certo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Que paixão querida Nádia.

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paixão é pouco.... é sentimento é amor!
      Beijos a ambas!

      Excluir
  4. Olá Nádia! soube de seu blog através de amigas, vim conhecer e li poesias lindíssimas! Parabéns.
    Tomei aliberdade de seguir. Volto mais vezes. Bjuss. Fica com Deus.
    IvaldetePiunti
    http://oamoreetudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Bela Nádia, tive conhecimento de seu blog por meio de um blog que me segue, estou visitando e adorando. Vou seguir e indicar.

    Será um prazer sua presença e opinião em meu humilde blog:
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    abraços

    Caio J.

    ResponderExcluir
  6. O que fazer quando este bichinho nos assedia?
    É melhor se entregar e viver.
    Lindo amiga.
    Um abraço com carinho.
    Bjo.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos