segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Inunda-me...

Estava amor, sentindo-me vazia...
Vazia dessa tua essência tão vital
Essa essência jamais me enfastia
E que me faz sentir algo sem igual

Quando sobre meu corpo derramas
Teu suor, tua essência loucamente
Incendiando meu ser e nossa cama
Explodindo a paixão intensamente

E meu corpo, todo assim, inundado
Totalmente... inteiramente de ti
Após os gemidos e os ais libertados
Entrego-me, demente, a esse sentir

Segue a noite calma, que esvanece
Vendo nossas silhuetas abraçadas
Adormecidas, pois logo amanhece
Reacendendo a paixão desvairada!
Nádia Santos
17/02/13

*Imagem do Google





19 comentários:

  1. Lindo poema Nádia...em incrível como a poesia descreve tão bem a profundidade dos sentimentos!

    Ártemis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ártemis, estou feliz com sua visita e com seu tão carinhoso comentário, é prazeroso saber que vc gostou. Bjus

      Excluir
  2. Amada linda poesia .
    Seus poemas da gosto e me emociona muito quando leio
    tudo que é feito de alma e coração o resultado só pode ser doas melhores.
    Uma feliz semana doce amiga beijos meus,Evanir.

    ResponderExcluir
  3. O calor e a sensualidade de seu poema encantam. Essa entrega é cheia de magia. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado Marilene, obg querida.

      Excluir
  4. Delícia ler esses poemas, as palavras são doces...
    Eu desejo uma linda semana :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vinda Vanda e obg por me seguir e comentar, bjus pra ti.

      Excluir
  5. Sim, mas ele fica 'invisível' mesmo, ele vai contar como 'leitor', digamos assim para seus relatórios. Ele não aparecerá na página.
    Qualquer dúvida me mande um e-mail : vanda@planetadablogueira.com que terei o maior prazer em ajudar.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Os teus poemas brotam da tua alma por isso eles têm muito a dizer.
    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... tem sempre um pouco do meu sentir... Obg Tunin!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Olá Marco, apareceu! Fico feliz, volta mais vezes, obg.

      Excluir
  8. Sua poesia é repleta de paixão, amiga! Linda como tudo que escreve!
    bjs,

    ResponderExcluir
  9. Olá doce amiga Nádia...Que belo poema, como tudo que você escreve fica encantador, e cheio de ardência!
    Você fala com o coração cheio de amor, fervor, ardor de uma mulher super apaixonada. Amo te ler!
    Bjs!!!
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga Nádia, tudo bem? Passei para agradecer seus comentários em meu blog e para ler mais um de seus lindos poemas; não comento, pois, este poema ficou perfeito, ao mesmo não cabe comentários e sim aplausos. Receba meus sinceros parabéns, por mais este maravilhoso trabalho. Também quero dizer que é muito importante, para mim, suas visitas, e peço desculpas por estar meio afastado, é que às vezes eu fico muito desanimado, sem coragem pra nada; fico alguns minutos na frente do computador e já desligo, mas, peço que não me abandone, continue visitando e comentando em meu blog. Prometo que voltarei em breve. Abraços do amigo Marcos.

    ResponderExcluir
  11. Intensamente lindo Nadia.
    Só o amor para inspirar coisas belas.
    Beleza de arte amiga.
    Abraços.
    Bjo

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos