sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

É pra você...

Mulher de quarenta... cinquenta...Que está
passeando entre essa idade. E ai, como te sentes?
Estás bem? Ou estás se sentindo uma coitada
E por isso estás assim... largada?!
Tens um marido ou namorado, amante ou ficante... 
Não importa! Teu coração vibra intensamente... 
Doidamente por alguém? Não?! Muda isso!
Dentro de ti tem uma fêmea, que deseja ser liberta...
Que grita de desejo, que tem o corpo repleto 
de anseios secretos, loucos para serem 
desvendados,caminhos para serem desbravados...
Abre essa jaula e deixa a fera enlouquecida sair!
Ela quer liberdade! Quer se doar, se entregar plena 
e sem pudor, extravasando toda sua sensualidade...
Não? Pensas que já não tens mais idade?
Claro que tem! Toda idade tem seu encanto, 
sua beleza, seu charme. Ame-se e deixe-se devorar!
Só assim irá libertar essa fêmea, ardente... 
sensual... única...maravilhosa...fenomenal!
Que ainda tem pra dá, carinho e amor 
Vai...não perca tempo... experimenta!
Mulher de quarenta... de cinquenta...
Mostra todo teu viço e ardor!

Nádia Santos
11/01/13

* imagem tirada do Google



15 comentários:

  1. Nádia que lindo amei!!! o título serviu pra mim também, pois sei que outras pessoas vão ler.
    Amiga me da à impressão de que todo este texto foi feito para mim, pois tenho pensado nisso tudo para minha vida, ameiiiiii
    Beijos da amiga cinquentona
    Clarice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pense amiga.. viva!!! Beijão e felicidades!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Nádia,
    Gostei deste incentivo! Estou a entrar nessa fase... e acho que ela é agora que encontro um estado de equilibro que há muito faltava!
    Belíssimo!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equilíbrio... esse é o maior dos encontro da mulher na fase madura. Bjus amiga Dulce.

      Excluir
  4. Bom dia minha linda..
    Adorei o poema de hoje.. aliás sempre escreves maravilhosamente bem né?
    Eu concordo com você.. cada idade possui seu encanto.. e devemos aproveitar ao máximo cada ano de nossas vidas, porque eles tem muito o que nos ensinar... eu mesmo me amo muito mais hoje na casa dos 30 do que na casa dos 20..
    Um beijo carinhoso e um sábado mais que lindo viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A idade está na cabeça, concordo. Eu mesma tenho 52 mas cabeça de 25...kkkkkk. Bjus amiga Sheila.

      Excluir
  5. Bom dia Nádia!
    Toda idade tem o seu glamour. E amar independe da idade né amiga. Maravilho o seu poetar. Verdadeiro e estimulante. Um lindo final de semana
    Beijos
    Gracita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada fase amamos de uma maneira, mais madura. Bjus amaga Gracita

      Excluir
  6. NÁDIA,

    absolutamente lógica e coerente sua abordagem, nesta sociedade que só valoriza o novo, a bunda e o celular!!!

    Mulheres de qualquer idade, são as eternas e mágicas grandes atrações deste maravilhoso viver e conviver da vida.

    Não tem idade, afinal mulheres longevas, além da experiência acumulada, possuem o domínio da impulsividade,a medida certa do tempero afetivo,um olhar mais diferenciado para as coisas das paixões e do amor e como você disse, se a fera interna do desejo , sobrevive, sai de baixo porque , por aí vem aula de catedrática professora e com mestrado em afagos e outros dengos!

    E porque seria diferente?

    Mulher é canto de todos os encantos, o rio que nunca é o mesmo,um grande final do Cirque du soleil, a gostosa como Nhá Benta, naquele tradicional sabor de marshmelow ( que eu não sei, se aí em Recife, também tem este chocolate) e mulher é principalmente,em qualquer idade, a marca forte e definitiva de que , como diz a música, "acaba a valentia de um homem quando a mulher que ele ama vai embora"

    Lembra? É do Benito de Paula.

    Então, ficamos assim combinados, pois é um ledo engano quem pensa que só o vinho fica melhor, com o passar do tempo.

    Esses que dizem isso ou só viveram bebendo vinho a vida toda ou certamente, jamais amaram uma mulher na plenitude do seu saber doar,saber compartilhar, saber fazer alguém feliz.

    Nossa!

    Quer que eu minta?

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mulher que decide viver intensamente sua vida amarosa na idade madura, o faz mais experiente, mais intensamente, conscientemente e sabedora daquilo que quer e do que tem pra dá, plena e sem falsos pudores. Amar é maravilhoso em qualquer idade. Obrigada por abrilhantar meu texto com seu lindo comentário. Bjus Paulo.

      Excluir
  7. gostei muito do poema.
    qualquer e toda a idade tem a sua beleza.
    por isso, só temos de a aceitar e saber viver com tudo o que a vida nos oferece.
    bom fim de semana.
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceitar suas próprias mudanças e se adequar a elas é o principal na mulher que entra na fase do "ENTA" e o mais é viver ardentemente. Bjus Piedade.

      Excluir
  8. Olá Nádia, já cheguei à casa dos quarenta, e sinto na pele tudo isso que você descreveu.
    Eu me sinto mais exigente não apenas comigo mesma, mas também nas decisões que a vida me impõe.
    Não aceito mais qualquer migalha mesmo que eu me sinta carente, passei por uma experiência ruim, tive que escolher entre o amor que sentia por ele e o amor que eu sinto por mim. Me doeu muito, mas não havia respeito. Sou mulher de 40 e sou muito mais eu... rsrsrs
    Um beijo enorme em você.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos