quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Deita aqui...

Vem... deita aqui do meu lado
Em instantes te deixarei refeito
E com meu carinho delicado
Teu corpo se sentirá perfeito...

Farei com que esqueças do mundo
Colocarei tua cabeça em meus seios
Afagarei teus cabelos bem profundo
E esquecerás por completo os receios

Encontrarás conforto em meus braços
Desejarás ficar bem preso neste laço
Seduzido e mais e mais apaixonado

Entregues assim, dominados pelo prazer
E com o desejo envolvendo nosso ser
Nossos corpos terminarão entrelaçados...
Nádia Santos
São Luis-MA
04/12/12

5 comentários:

  1. Nádia congratulações pela criação poética rica em imagens e melodia.Um momento especial estar em teu espaço cheio de magia!Um beijo de violetas e meu carinho

    ResponderExcluir
  2. A poesia é toda ternura ao lado da paixão!
    Lindo, lindo!! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  3. Lindo,excitante,emocionante,arrebatador,etc,etc...

    Amiga Nádia.Amo seus poemas!

    São todos ternos e quentes ao mesmo tempo.Parabéns!

    Estive viajando,querida.Por isso sumi uns dias.

    Obrigada por sempre estar presente no meu blog e comentando meus textos.

    Lindo fim de semana.


    Beijokas

    Donetzka

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos