quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

A tua espera...

Ficava no meu quarto imaginado
Que na madrugada ele andaria
a ermo, louco , me procurando
E para seu mundo me levaria...

E a lua iluminava seu caminho

Quando no chão ele pisava...
Para que não se sentisse sozinho,
Raios de luz o chão iluminava...

Mergulhada em louca quimera

Ficava, meu querido, a tua espera
Todos os dias... ansiosamente...

E minha boca de felicidade emudeceu

Quando para mim os braços estendeu
Beijando-me ardente e ardorosamente!





Nádia Santos

São Luis-MA
10/12/12

15 comentários:

  1. Nádia Linda e saudosa poesia ...um grande beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi num momento que recordei um um tempo atrás e fiz essa poesias.... minhas lembranças.

      Excluir
  2. A espera. Um barulinho, um sinal, qualquer coisa para matar a sede da garganta da ansiedade.
    Espero que chegue logo. Passe a demora. Abraço

    ResponderExcluir
  3. bom Nádia á esperas que vale pena..sempre que gostamos de alguem..que por varios motivos estao afastadas de nos
    no momento do reencontro..o amor a a felicidade é uma coisa unica..os beijos ficam mais doces e os abracos mais apertados..e mais sentidos.

    gostei de estar aqui..
    um beijo
    Rui

    ResponderExcluir
  4. Caríssima, Nádia! Obrigado pelo comentário no Infinito!! Um forte abraço pra você e um feliz Ano Novo (cheguei atrasado para desejar Feliz Natal rsrs).

    ResponderExcluir
  5. Com muita alegria venho agradecer
    pelo seu carinho na Noite de Natal.
    Com fé amor e esperança haveremos
    de festejar juntos o ano novo
    que se aproxima .
    Minha minha última postagem de 2012
    será postada Dia 28 de Dezembro.
    Hoje só postei agradecimento pelo
    carinho de Natal.
    Dia 28 farei a última postagem
    no decorrer do último Dia do Ano
    só entrarei Dia 31 para avisar quem foi o ganhador
    do meu livro.
    Um Do Brasil outro de Portugal.
    Ainda esta em tempo basta pegar o selinho
    e avisar no blog .
    Beijos no coração carinhos na alma.
    Evanir..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que estou feliz com sua visita amiga Evanir. Obg

      Excluir
  6. Maravilha de poema, adorei este final:

    E minha boca de felicidade emudeceu
    Quando para mim os braços estendeu
    Beijando-me ardente e ardorosamente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obgrigada Patrícia, fico feliz que tenha gostado. Bjus

      Excluir
  7. Passando para fazer uma visita e desejar um Feliz Ano Novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada India, por sua visita, volte mais vezes. Um bj pra ti.

      Excluir
  8. Olá querida Nádia, mais uma lindo soneto, tuas poesias são de uma riqueza enorme em sentimentos. Euzinha adoro te ler, acho que seus versos falam coisas por mim. A tua espera...Me emocionou pois espero por uma volta impossível de um amor impossível.

    Muitos bjsss!!!

    Maria Machado

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos