quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Na escuridão, vibra a vida

No silêncio misterioso da madrugada 
Dorme a natureza a esperar a alvorada;
Tudo adormecido, numa aparente calma
Flores exalando os mais intensos perfumes
Pessoas dormem, esquecendo os queixumes
No invisível flutuam iluminadas almas...

A noite está linda... vejo a lua formosa
Sinto em mim chegar uma ânsia ardorosa
Que aos poucos vai me envolvendo
Debaixo da camisola arrepiam os seios
O corpo se agita em ardentes anseios
E em teus braços acabo me perdendo...

Na escuridão, vibra a vida intensamente
Num adormecer e despertar diariamente!
E no silêncio mágico das horas
Em delírio no teu corpo quero morrer
Para feliz e radiante depois renascer
Enquanto chega mansamente a aurora...

Nádia Santos
01-11-12











5 comentários:

  1. Lindíssimo Nádia muito envolvente e verdadeiro um grande beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  2. Obrigada querido, começar o dia com seu comentário é sempre maravilhoso. Lindo dia pra ti também Bjus

    ResponderExcluir
  3. A magia de horas em delírio. Noites e manhãs poéticas. Calma, a fragrância intensa, aparentemente sono com sonhos, sono sem sonhos. Um poema cheio de belas metáforas...

    ResponderExcluir
  4. TEM 2 SELOS PRA VC LA NO BLOG , OLHA A DIREITA DA TELA NO BLOG:
    http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. ESTOU SEGUINDO VC TB,NÁDIA! OBRIGADA POR ME SEGUIR TB.


    MARQUEI TODAS AS REAÇÕES NESSA OBRA PRIMA SUA!

    AMO POESIAS E ESCREVO TB.


    SEU AVATAR E LINK DESSE SEU BLOG VÃO APARECER NO POST "SEGUIDORES" DAS CATEGORIAS À DIREITA DE MEU BLOGSPOT.


    FALTA VC COMENTAR,MARCAR AS REAÇÕES,VOTAR NO BLOG.

    TUDO ESTÁ DIVIDO POR CATEGORIASS NO MEU.

    È SÓ OLHAR PARA A DIREITA.


    AGUARDO SUA VISITA,AMIGA!

    LINDO FIM DE SEMANA!


    BJS

    DONETZKA

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos