terça-feira, 27 de novembro de 2012

Desnuda-me

Se teus olhos sorri... tira-me a calma

Vestindo-me, inteira, com véu da paixão
Enquanto desnuda-me toda minh'alma
Estremece todo meu corpo de emoção

Desse lindo olhar vem uma luz fulgente
Que afastam pensamentos sombrios
Nas veias o sangue ferve inclemente
Aquecendo-me, e não sinto mais frio...

E basta, querido, um olhar ardente teu
Para arrancar-me desse profundo vazio
Provocando no corpo, frêmito e arrepio

E este teu olhar cheio de querer no meu
A minha imagem, nua, quero ver refletida,
Loucamente e completamente rendida!
Nádia Santos
25/11/12

7 comentários:

  1. Parabéns...Querida Nádia por mais um exelente poema! Desnuda-me! Muito lindo e sedutor,gostei!
    Uma boa noite!
    BJS;
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  2. Lindooo demais,Kátia!


    Desnudar_se para o amado é tudo!


    Publiquei um texto meu também esperando pelo seu comentário.


    E pegue o selinho que fiz para você na primeira página de meu blog,abaixo,à esquerda com o título:


    "Eu Aprovo esse blog!"



    Qdo o colocar,diga em qual site vai estar e me avise para eu ver e retirar do meu.

    Não postei.

    Usei o html do layout,adicionar gadget.


    Beijos com gosto de carinho


    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Done querida obg por seu comentario e quanto ao selo, já fiz a postagem. Bjus

      Excluir
  3. Maravilha de texto.....adorei!

    Beijocando

    @}-;-

    ResponderExcluir
  4. Lindo Nádia muito Lindo ...Beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  5. Desnudar! Deixar à mostra todos os sentimentos...
    No AMOR isto se faz necessário...
    Um grande abraço, minha querida!!!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos