sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Água e vinho


Existem duas mulheres habitando dentro de mim...
Antagônicas... como o dia e a noite! Com desejos
Distintos e  independentes, vivendo em eterno confronto... 
A mulher meiga e recatada e outra, ardente e ousada! 
Trago dentro de mim um louco anseio de liberdade,
Mas que vejo cair por terra, quando tu me fitas
Com teu olhar indecente... E neste instante
O que mais quero é ser prisioneira nos teus braços
E dependente dessa paixão e desse amor fremente!
Há manhãs que acordo melancólica, triste, silenciosa
Tenho frio, voltam temores, sinto vontade de chorar,
Quero estar só... De repente a tristeza vai embora, passa...
E fico viçosa como dia de primavera, e a noite te espero
Quente como dia de verão, com meu corpo queimando...
Fogosa.... Quero que nossos corpos se confundam,
Nosso suor se misture e sejamos uno. Enquanto,
Minha alma em festa, estremece, extasia...
Nesse instante em delírio, não sei se seduzo ou
Deixo-me seduzir... Não sei se sou uma gueixa submissa
Ou uma fêmea no cio... Se sou a água que te sacia
ou o vinho que te embriaga... Se sou a luz que te guia
Ou a escuridão que te devora e te agonia...
As duas mulheres que habitam dentro de mim
Só se entendem quando, lânguidas e enternecidas,
No calor dos teus braços, fitam teu olhar apaixonado
E dizem, numa única voz... te amo...

Nádia Santos
São Luis - MA
23/11/12





11 comentários:

  1. Eita! como diz vc! Que poema quente! Logo notei que vc era uma mulher bem amada como eu!

    Somos bem parecidas no jeito de ser e explanar sem falsos pudores o que sentimos.

    Vc está com o par certinho! O José é um poetaço!

    Lindos os escritos dele como os seus.

    Sempre comento lá;ele pouco no meu.


    Tem mais é que pegar fogo mesmo,amiga!


    Obrigada pelo comentário sobre o texto de amor.


    Vou passar para rascunhos pq preciso que leiam a configuração dos comentários do blogspot,publicação anterior.


    Para não perder o costume:marquei todas as reações!



    Beijos,querida!

    Ótimo fim de semana.



    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga, eita é coisa de nordestino querida...kkkkk. O José não é chegado a visitas principlamente blogs que tem moderação de comentário e verificação de palavras, ele tem HORROR. Nesse poso ele se considera anti-social. Bjus e pbg!

      Excluir
  2. CONVITE: Rádio Internacional Jesus é o Caminho

    Visite nossa rádio acessando: http://radioiijc.com/

    Fico muito grato, se quiser adicioná-lo no seu blog, fique a vontade. Está autorizado.

    Abraços e fica com DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg por sua visita Pr. Bessa e tenha uma ótimo final de semana.

      Excluir
  3. Que belo poema , Nádia .
    Carregamos várias mulheres na alma .
    Cada uma se manifesta na hora apropriada .
    Obrigada pela partilha e tenha um final de semana com bastante paixão e poesia .
    Beijos , amiga .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver aqui querida Marisa, vc é sempre bem vinda. Obg por seu carinho. Bjus

      Excluir
  4. Declaração dupla. Feliz do homem que conquista a duplicidade feminina.
    Parabéns pelo blog!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por seu comentário Expedito e seja bem vindo ao meu cantinho querido. Um abraço pra ti!

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos