terça-feira, 2 de outubro de 2012

Tudo azul


Todo esse amor que no peito carrego
E com intensa paixão te entrego 
É um sentimento puro, cheio de beleza 
E é inteiramente teu, tenha certeza! 

Não importa o lugar que eu esteja 
Meu coração feliz apenas festeja 
Qualquer lugar ganha brilho especial 
Se juntos... tudo fica azul celestial! 

Te quero mais que tudo na vida 
E todas as horas a mim concedidas 
Serão dedicadas a ti... Somente a ti... 

Te amo loucamente... imensamente 
A ti me entrego sem pudores totalmente 
Essa é nossa linda história... nosso amor... 

Nádia Santos 
02/10/12 









6 comentários:

  1. Que lindo poema Nádia ...muito próprio para uma bela música ...Mal acabei de fazer SANTUÁRIO e nem comecei a fazer a de Jóse Jõao e já estou de olho neste poema viu ...me fale um beijo grande Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah meu amigo, vc é realmente um amor. Pode ficar ficar de olho no soneto, vc pode! Abração!

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos