segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Nos permitindo sonhar














Nossos caminhos se uniram
Felizes, agora somos nós
Corremos de mãos entrelaçadas
Pois não mais estamos sós...

Sonhar agora nos permitimos

Nos deixamos levar pelo vento
E do tempo fazemos nosso espaço
E nele brincamos, desatentos...

Brincamos de namorar, de amar

De nos doarmos inteiros e plenamente
Dando à fantasia asas prateadas
E vivermos lindos sonhos intensamente

Apenas nossos olhos falam...

Nossas bocas emudecem...
Pois os olhares expressam o desejo
Que a nossos corpos enlouquecem

Não há palavras, apenas sussurros

Cândidos ou indecentes, nos entontece
Mas nossos corpos, unidos é poesia
E nossa entrega... uma ardente prece!


Nádia Santos

São Luis-MA
22/10/12
                                          

6 comentários:

  1. Nádia amiga, que linda poesia, um canto ao amor. É maravilhoso quando encontramos a pessoa certa, o companheiro de todas horas e o amante intenso. Parabéns pela linda poesias e viva ao amor amiga!!! Bjão

    ResponderExcluir
  2. Nádia querida ...muito lindo este poema ...É fico muito feliz em ser sue amigo viu ...Acabo de te mandar e-mail com um link provisório no youtube de SANTUÁRIO...sua musica para sua aprovação ...o mesmo fiz com José João...também mandei pra ele um e-mail com o link do youtube para que ele aprove espero que postem em seus blloger se gostarem e respondam o e-mail para fazer amanhã se possível uma postagem especial falando das nossas parcerias ...que espero continuem ...amo vocês viu um beijo grande nos dois Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu amigo querido, recebi seu email e já respondi, eu simplesmente amei!!! Quero saber se já posso postar... posso! Muito obrigada estou muito feliz bjus.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obg por sua visita e comentário, volte sempre!

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos