segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Sem palavras

Entre gemidos e sussurros
Ardentes e profundos
Explode nosso desejo
Agora esquecidos do mundo

Corpos suados e cansados
Molhados com o suor da paixão
Tão exaustos e ofegantes
De quando perdemos a razão...

Nos deixamos envolver
Pelo silêncio do momento
Sentindo o amor ainda no ar
E da paz que pra nós é alimento

Após uma entrega louca
Desfrutamos em sintonia
Sem palavras... nada mais...
Uma calma que nos extasia...

Nádia Santos
03/09/12

4 comentários:

  1. Também muito lindo extasiante por demais ... muito muito bom !!! Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  2. Minha querida amiga Poetisa, que talento ,parabéns, beijos de seu sempre amigo Marcio Rogerio, beijos e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obr caro Marcio e obr por me seguir, já te vistei, estou te seguindo e trouxe teu selinho. Sucesso pra ti tbém.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos