segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Sem palavras

Entre gemidos e sussurros
Ardentes e profundos
Explode nosso desejo
Agora esquecidos do mundo

Corpos suados e cansados
Molhados com o suor da paixão
Tão exaustos e ofegantes
De quando perdemos a razão...

Nos deixamos envolver
Pelo silêncio do momento
Sentindo o amor ainda no ar
E da paz que pra nós é alimento

Após uma entrega louca
Desfrutamos em sintonia
Sem palavras... nada mais...
Uma calma que nos extasia...

Nádia Santos
03/09/12

4 comentários:

  1. Também muito lindo extasiante por demais ... muito muito bom !!! Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua visitas são sempre gratificantes, bju querido!

      Excluir
  2. Minha querida amiga Poetisa, que talento ,parabéns, beijos de seu sempre amigo Marcio Rogerio, beijos e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obr caro Marcio e obr por me seguir, já te vistei, estou te seguindo e trouxe teu selinho. Sucesso pra ti tbém.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos