quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Infinitas horas

Descobri o verdadeiro amor
Cheio de fervor
Quando te encontrei;
Teu olhar se vestiu de paixão
Um frêmito causou-me emoção
Quando te olhei!

Senti da vida toda beleza
Dei adeus a tristeza
Quando teus lábios beijei;
Senti a explosão da paixão
Com o toque macio de tuas mãos
E assim delirei!

Foi uma entrega incondicional
Algo fenomenal
Teu corpo sobre mim;
Me tomasse impetuoso
Me possuíste voluptuoso
Sou tua enfim!

Repousaram nossas almas
Com toda calma
Depois da explosão;
Finalmente temos agora
Tantas infinitas horas
Para viver nossa paixão!

Nádia Santos
03/08/12

Um comentário:

  1. Nem sei o que dizer Nádia muito lindo também ...tocante demais ...bom amanhecer assil beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos