segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Deixa a porta aberta




Sei que deixastes a porta aberta
Na esperança de teu amor voltar
Ele se foi, sem ao menos um beijo
Mesmo assim, tu te põe a esperar...

A si promete quando ele voltar

Não lhe falar de toda sua tristeza
Vais lhe ofertar apenas teu coração
Repleto de amor e com a mesma beleza

Se teu amor se foi... a tempos...

Te magoando e jamais te procurou
Só deixando decepção e tristeza
E feridas que ainda não cicatrizou...

Por que ainda o espera... por que?

Se por ti não teve consideração
Tenha então amor por si
E saia já dessa obsessão!

Deixa, sim, a tua porta aberta

E segue vivendo com intensidade
Que outro amor profundo e sincero
Há de entrar, te trazendo felicidade!


Nádia Santos

São Luis-MA
09/09/12



Um comentário:

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos