sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Ternura


Ternura é após o banho, de pijamas
Deitarmos juntos em nossa cama
Tu abrindo os braços me convidando
E minha cabeça no teu peito repousando

Brinco com os pelos do teu peito
Sinto meus cabelos em tuas mãos
Por longo tempo ficamos desse jeito
Brincando felizes em plena comunhão

Inocentemente devassos e relaxados
Falamos dos nossos íntimos desejos
Do querer entre carinhos e beijos

São tuas mãos tocando minha pele
São meus braços desejando te abraçar
Essa é nossa outra maneira de amar

Nádia Santos
São Luis - MA
30/11/11

2 comentários:

  1. Muito, muito bom o que escreves, o blogue está lindo. Gostaria de linkar se vc me permitisse.
    tenha um bom domingo, bjo.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!Adorei conhecer seu blog,ele é simplesmente maravilhoso!
    Parabéns pelo lido trabalho.
    Aproveitando para agradecer á sua visita,e seu carinho.
    Desejo á vc um lindo Domingo beijos.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos