domingo, 22 de julho de 2012

Quando amo...




Quando amo me entrego, mergulho e vou fundo.
Sem medo, viajo... Sou pássaro, não tenho limites
Voo bem alto...Fico insana! Tudo posso e tudo quero.
Razão pra quê? O que quero é viver cada minuto,
Intensamente, pois o amanhã a nós, não pertence...
Ame! Não hesite! O tempo passa e nem se percebe.
O amor é sentimento nobre nos deixa forte,
Nos dá energia, nos enche de alegria.
Faz bem,  rejuvenesce, cura males, faz milagres!
O amor sincero é amigo, é companheiro, é solidário  
É desinteressado, é fiel e justo...
E sobretudo é para o outro, um belo porto seguro.
Quando amo, me entrego a cada momento
Sem pudor e sem restrições, pois de que vale 
não viver as emoções?! Vivo para amar...
E amo, intensamente, viver!



Nádia Santos
Recife-PE
04/08/11

2 comentários:

  1. Lindo poema Nádia! Amar realmente faz bem, mesmo quando dói... Gr. Bj. minha querida!

    ResponderExcluir
  2. Absolutamente perfeito, Nádia!
    Amar sem restrições, se entregar, se medo... e, como diz a amiga Cris, mesmo quando dói. O importante é amar sem condições!

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos