segunda-feira, 23 de julho de 2012

Palavras pra quê?

Debruças teu corpo sobre o meu
Quero que seja o meu cobertor
Aquece este meu corpo que é teu
Quero sentir todo teu amor

Quero que me aperte... fico louca!
Quero tuas mãos me envolvendo
Enquanto sinto o gosto de tua boca
Vai aos poucos meu prazer acendendo

Aperta-me... sufoca-me lentamente
Toma-me com fúria e apaixonadamente
Palavras pra quê? Desejo apenas sentir...

Se diz tudo, meus gemidos e beijos
Entregando-me inteira aos teus desejos
Mata-me de amor... sou toda de ti!

Nádia Santos
18/10/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos