sexta-feira, 20 de julho de 2012

Muito além...




Quando viemos de bem distante, 
Muito além do horizonte 
Prometemos nos amar jamais nos separar.
Um novo recomeço, tudo vira do avesso...
A busca desesperada pela felicidade 
Tanto, tanto almejada... A vida segue, 
Entre encontros e desencontros, 
Mas falta algo, falta alguém... 
É um vazio, uma dor tão grande que nada
Nem ninguém preenche esse espaço, 
Que me atormenta, que me consome...
Dia e noite esperando meu amor 
Que dessa vida de mim se apartou, 
Deixando a vida sem cor, sem sabor... 
Somos almas perdidas buscando amor.
Mas num lindo dia o sol voltou a brilhar. 
Meu eterno amor conseguiu me encontrar. 
Minhas lágrimas e meu pranto  
Foram por ele, enfim, ouvidos.
Agora é vivermos este sentimento intenso 
Que transcede céus e mares.
Preencher esse espaço antes vazio, 
Com nosso amor, nossos beijos e abraços.


Nádia Santos
Recife-PE
03/07/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos