quarta-feira, 18 de julho de 2012

Meus anseios

Lentamente a chuva cai
Me faz lembrar você
Desejava neste instante
Em teus braços me aquecer
O meu corpo suplicante
Reclama ardentes carícias
Quer as tuas mãos
Que aquece e excita
Sentir a tua boca
Em meus seios se agitar
Me levando a loucura
Me fazendo delirar...
Mas sozinha em meu quarto
Tão distante de você
Sufoco os meus anseios
E adormeço sem te ter...

Nádia Santos
Recife-PE
17/06/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos