terça-feira, 24 de julho de 2012

Lembranças...


Em teu nome penso com ardor
Quando falo a palavra, amor
E insistente, vem tua imagem
Gravada como uma tatuagem...

Leves suspiros me tomam
Causando-me terna saudade
São lembranças dos momentos
Que trouxeram-me felicidade

E quando a tristeza me abraça
Insistindo em me fazer chorar
Lembro de quando me enlaça
Dizendo: não deixarei de te amar

Quando um calor doido me invade
Queimando  meu corpo de desejos
Sinto uma vontade de gritar: vem!
Enlouquece-me com teus beijos...

Grito teu nome silenciosamente
Quando encontro-me sozinha
Desejando que chegues ardente
E faça-me tua amante e rainha!


Nádia
Recife-PE
09/09/11





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos