quinta-feira, 19 de julho de 2012

Emoções virtuais


Já parou para pensar quantas amizades fizeste através da internet? E os amores? E aquelas paixões desvairadas que te consumiram e te prenderam à telinha o dia todo? É incrível como diante de uma tela, tantos sentimentos nos movem, e nos fazem confundir o real com o imaginário. Amigos e amores. Alguns duram, outros são fugazes. Uns sinceros que até transpassam a barreira do virtual e caem na nossa realidade. Outros... Bem, outros nada mais querem que não seja diversão, iludir e enganar pessoas, sem nenhum constrangimento... Me pergunto por que a vida coloca certas pessoas no nosso caminho.Por que conhecemos pessoas maravilhosas,que parecem nos completar, que nos causam sensações difíceis de explicar se não podemos com elas nos encontrar? A solidão doí e machuca e na busca de carinho e atenção nos tornamos presas fáceis das paixões virtuais. Paixões que nos causam euforia no início e que terminam, geralmente, em decepções e desilusões. Internet já faz parte de nossas vidas, por isso só nos resta administrar e controlar nossas emoções. Se você está sempre conectado e ainda não se apaixonou, fique atento, esse vírus ainda pode te infectar. 

Nádia Santos 
Recife-PE 
24/06/11 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos