quinta-feira, 26 de julho de 2012

Coração insandecido

Queria poder comandar
Esse obstinado coração
Mas não consigo controlar
Sua intensa e louca emoção

Arisco, arredio, impulsivo
Totalmente descontrolado
Rejeita qualquer conselho
Que a ele lhe seja dado...

Ele se entrega ao amor
De maneira desvairada
Mergulhando bem fundo
Sem ter medo de nada

Ele só deseja amar e amar
Mesmo que sofra, coitado!
Quando percebe, é tarde...
Está insano e apaixonado!
Nádia Santos
28/09/11






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos