sexta-feira, 20 de julho de 2012

Apaixonada

Não sei o que faço com esse sentimento
Que tomou conta de todo meu ser
De mim esqueci e a todo instante 
A cada minuto, a cada momento 
Só lembro unicamente de ti....
Numa agonia que invade o meu peito!
Te quero demais, é desatino, é delírio
É uma vontade insana me consumindo
Descontroladamente... loucamente!
Que se apossa de minha alma 
E me domina plenamente.
Quero te abraçar, te beijar, te tocar...
Sentir o calor do teu corpo em chamas
E nele ardentemente me embrenhar, 
Me perder e me entregar intensamente!
De onde vem tanto desejo e doida paixão?
Não sei o que faço... Não sei quem sou.
Só sei que estou ensandecidamente...
Delirando de tanto amor...
 Nádia Santos
Recife-PE
10/07/11





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos