domingo, 24 de março de 2013

Amo-te!


Desmedidamente amo-te
Será que ainda não percebeu?
Que esse amor é tão imenso
Que meu coração enlouqueceu!

Será, meu amor, que não sentes
A intensidade  do meu desejo
Que queima, arde intensamente
Quando penso nos teus beijos?

Vem para meus braços amor
Veste-me com tua pele ardente
Enrosca-te no meu corpo quente
Louca por ti estou totalmente

Atormenta-me uma vontade
De ardentemente beijar-te
Realizando minhas fantasias
E voluptuosamente tocar-te

Entrega pra mim tua vontade
Quero olhar bem nos olhos teus
Será, amor, que não percebes
Que sou tua e tu, todo meu?!


Nádia Santos
São Luis-MA
28/09/11
*reeditada

7 comentários:

  1. Nádia,
    Já tinha lido maravilhosos versos algum tempo atrás e achei-os tão belos!
    Há neles uma entrega total, uma declaração profunda, um sentimento tão intenso que deixa sem palavras. Como os divulga hoje novamente, decidi comentar, mas é difícil encontrar palavras para descrever...
    Bjos!

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nádia!
    É bom reeditar algumas postagens antigas, eu fiz uma vez.
    Muito linda sua poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. O amor, sensual, ardente deve seguir os caminhos naturais dos beijos, do perfume, do calor.

    É isso!

    ResponderExcluir
  4. Nádia,
    Tem paixão e desejo escapando por todas as letras desse poema! Alguma coisa tão intensa que não coube apenas no "amo-te", que precisou de mais, precisou de versos como esses! Muito lindo!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. Boa noite minha linda..
    Passando pra deixar um beijo e te desejar uma semana repleta de bênçãos e muitas notícias boas...

    ResponderExcluir
  6. Boa noite !!!
    Vc sempre encantando o amor com seus versos ...
    bjssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Lindo minha querida ...O que é bom é eterno Pedro Pugliese

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos