quarta-feira, 18 de julho de 2012

Almas enamoradas


E afinal conspirou a nosso favor o universo
Cruzando, querido,  nossas solitárias veredas
E nossas lágrimas escritas em prosa e verso
Seriam chamas a arder em altas labaredas

A cada poesia minha... a cada verso teu
O encantamento entre nós crescia ardente
E uma paixão desenfreada a nós envolveu
E um desejo nos consumia intensamente

Nossos versos nos inspiram e conduzem
A uma outra dimensão, repleta de magia
Nesse mundo nossos sentimentos traduzem
Nossa profunda comunhão e harmonia

São sentimentos ardentes nos envolvendo
Nossas almas apaixonadas perdidamente
Numa indefinível agonia vamos buscando
Vivermos o amor e a paixão ardentemente

Nádia Santos
Recife-PE
20/06/11


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos